Resenha: O Caçador de Pipas – Khaled Hosseini

o-cacador-de-pipasTítulo: O Caçador de Pipas

Título Original: The Kite Runner

Autor: Khaled Hosseini

Páginas: 365

Editora: Nova Fronteira

Ano de Lançamento:2003

_____________________________________________________

    Sinopse: “O caçador de pipas é considerado um dos maiores sucessos da literatura mundial dos últimos tempos. Este romance conta a história da amizade de Amir e Hassan, dois meninos quase da mesma idade, que vivem vidas muito diferentes no Afeganistão da década de 1970. Amir é rico e bem-nascido, um pouco covarde, e sempre em busca da aprovação de seu próprio pai. Hassan, que não sabe ler nem escrever, é conhecido por coragem e bondade. Os dois, no entanto, são loucos por histórias antigas de grandes guerreiros, filmes de caubói americanos e pipas. E é justamente durante um campeonato de pipas, no inverno de 1975, que Hassan dá a Amir a chance de ser um grande homem, mas ele não enxerga sua redenção. Após desperdiçar a última chance, Amir vai para os Estados Unidos, fugindo da invasão soviética ao Afeganistão, mas vinte anos depois Hassan e a pipa azul o fazem voltar à sua terra natal para acertar contas com o passado.”

_______________________________________________________________________

Todos os ávidos leitores podem apontar alguns livros que o marcaram. Quando uma história mexe de verdade com você, não tem como não guardá-la com  carinho entre suas recordações. Isso aconteceu comigo ao ler O Caçador de Pipas, de Khaled Hosseini. A emocionante história de Amir, um menino rico de Cabul, Afeganistão, e de Hassan, o filho do empregado do pai de Amir, é sem dúvida uma das melhores obras que eu já li, mas isso é minha opinião pessoal. Mas eu duvido que qualquer pessoa que já leu esse livro possa dizer que nem de leve lhe tocou o coração.

A história acompanha Amir de sua infância em Cabul até ele se instalar nos EUA, fugindo com seu pai da invasão soviética no Afeganistão no final da década de 1970 e início da década  1980. A amizade entre Amir e Hassan é o ponto central do livro. É um relacionamento retratado de uma maneira muito interessante. De lado vemos o Amir que só consegue enxergar em Hassan um criado que lhe faz companhia, mas que não chega a considera-lo seu amigo. Do outro temos o fiel Hassan, um garoto que vive e respira por Amir, por quem ele faria qualquer coisa devido ao seu amor por ele. Essa relação desencadeia vários sentimentos conflitantes em Amir, até que um dia, um acontecimento horrível muda a vida dos dois para sempre.

A narrativa se desenvolve fluída e suavemente. O livro é muito bem escrito. O autor faz uma descrição primorosa do Afeganistão, de Cabul, detalhando maravilhosamente a cidade, a cultura (em especial o torneio de pipas de Cabul) e as etnias do povo afegão. O personagens são inseridos nesses cenários incríveis de forma cativantes, que explora muito bem a diversidade do país.

kr

Khaled Hosseini

Os personagens são bem desenvolvidos. Amir é cheio de contradições, medos e angustias. Hassan é simplesmente de uma fidelidade, lealdade e amor intermináveis. Outros personagens são retratados muito bem como Baba (o pai de Amir), Ali (pai de Hassan), Rahim Khan (um amigo de Baba que simpatiza muito com os meninos), Soraya (esposa de Amir). Eu dou um destaque também para o principal antagonista, Assef. Eu nunca senti tanta raiva de um personagem como senti desse.

Você chegar a acompanhar  os dramas e dificuldades desses personagens com uma certa angustia. Acontecem injustiças tão grandes com personagens tão bons que você fica muito revoltado. Alguns atos de Amir fazem até brotar um pouco de raiva, mas tudo o que ele faz é compreensível devido a personalidade e caráter que esse personagem desenvolve.  A narrativa é uma montanha russa de emoções.

O desenrolar da trama pode te tocar profundamente. O final também. Eu não sou de chorar, mas confesso que o final desse livro quase me arrancou algumas lágrimas, mas isso não quer dizer que ele tenha me emocionado pouco. Certamente vai emocionar você também. Eu recomendo fortemente esse livro para todos. É uma história que com certeza vai te marcar para sempre.

Também vale a pena dar uma conferida no filme de 2007. É uma ótima adaptação.

O Caçador de Pipas - Filme 2007 sofilmesoline

Cartaz do filme de 2007

Nota: 9,5/ 10

Espero que vocês tenham gostado da resenha. Peço desculpas por ter dado uma sumida nessa ultimas semanas. Fiquei bastante ocupado e não tive tempo para escrever. Nos comentários você pode colocar sua opinião sobre a resenha, diga se gostou ou não gostou, diga o que você acha que possa melhorar, alguma sugestão para uma próxima resenha, uma crítica, uma bronca, algo construtivo para podermos melhorar o blog. Obrigado por lerem. Até logo.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s