Resenha: Os Três Mosqueteiros – Alexandre Dumas

capa_FINAL    Título: Os Três Mosqueteiros

    Título Original: Les Trois Mousquetaires

    Autor: Alexandre Dumas

    Páginas: 792

    Editora: Zahar

    Ano de Lançamento: 1844

______________________________________

    Sinopse: “Os três mosqueteiros estão prontos para defender o rei Luiz XIII. Athos, Porthos e Aramis enfrentam todos os perigos para impedir que o demoníaco Cardeal Richelieu destrua o rei da França. Enquanto isso, o jovem D’Artagnan que sonha ser um Mosqueteiro, coloca sua vida em risco quando resolve agir sozinho e apaixona-se pela Condessa de Winter, a bela espiã de Richelieu. Se D’Artagnnan conseguir escapar das armadilhas da Condessa e tornar-se um Mosqueteiro, ainda assim terá que provar sua lealdade e habilidade de grande espadachim.”

_________________________________________________________________

    Um dos livros de aventura mais conhecidos no mundo com certeza é Os Três Mosqueteiros, do escritor francês Alexandre Dumas. A obra clássica de 1844 ainda é muito popular atualmente. Afinal, quem não conhece a famosa frase “ Um por todos e todos por um”?.

    A célebre narrativa do jovem D’Artagnan, que sonha em se tornar mosqueteiro e que se junta aos “inseparáveis” Athos, Porthos e Aramis à serviço do rei em Paris é uma história sobre amizade, luta pelo poder, vingança e amor. Uma fórmula interessante para uma obra magnífica.

aldu

Alexandre Dumas

 A história se passa na França do século XVII. D’Artagnan chega a Paris para se unir ao Mosqueteiros bem em meio de uma conspiração do perverso  Cardeal Richelieu para tomar o trono de Luís XII. Mas ele e os três mosqueteiros se metem em diversas aventuras para salvar o reino.

A forma como o autor explana a personalidade de cada um dos mosqueteiros é um dos pontos mais legais do livro. O passado sombrio de Athos, a discrepância e a vaidade de Porthos e a eterna dúvida de Aramis de torna-se ou não padre são muito interessantes e perspicazes, fazendo com que o leitor se apegue aos personagens. O leitor também gostará de acompanhar a trajetória e o romance do corajoso e audacioso D’Artagnan. Sem falar nos emocionantes duelos e batalhas.

Os demais personagens são explorados na medida certa, como o Duque de Buckingham, a Rainha Ana d’ Áustria, o criado Planchet, M. de Tréville, Rochefort , a amada de  D’Artagnan, Constance Bonacieux e principalmente Milady. O mistério em torno dessa personagem e seu dramático final vai surpreender o leitor.

Os-tres-mosqueteiros

    O leitor se deleitará com diversas cenas dramáticas e emocionantes como o duelo contra os guardas do cardeal, o drama do colar da rainha, a corrida para Londres e o Cerco de La Rochelle. O Final é emocionante e agradará muito o leitor.

    Existem várias edições desse livro no Brasil, versões completas e compiladas. Eu recomendo você ler uma versão completa se você quiser ter a verdadeira experiencia com essa narrativa e uma dimensão mais real dessa obra.

   Este livro foi essencial para estabelecer muitos conceitos e aspectos para os livros de aventuras  que foram utilizados em muitas obras posteriormente. Esse clássico ainda tem muita relevância para os leitores desse século que apreciam uma boa aventura.

    Vale muito a pena conferir esse livro. Muitas pessoas hoje só leem best-sellers e livros da moda hoje em dia, não que isso seja ruim ou errado, ler é sempre bom. Mas se você quiser começar a ter um contato com clássicos da literatura, Os Três Mosqueteiros pode ser um bom começo.

     Os Três Mosqueteiros tem algumas adaptações para o cinema que são bem bacanas de conferir. Como a versão de 1993, que, embora tenha recebido duras críticas, eu considero bem interessante. Também temos a versão piromaníaca e bem doidinha de 2011, que até que é bem interessante para contar a história sobre outro aspecto, mas não é muito fiel ao livro. Uma adaptação para televisão da BBC estreia nesse mês de Janeiro.

TMS

Da esquerda para a direita: Filme de 1993, filme de 2011 e série da BBC de 2014

Nota: 9/10

Espero que vocês tenham gostado da resenha. Nos comentários você pode colocar sua opinião sobre a resenha, diga se gostou ou não gostou, diga o que você acha que possa melhorar, alguma sugestão para uma próxima resenha, uma crítica, uma bronca, algo construtivo para podermos melhorar o blog. Obrigado por lerem. Até logo.

Filipe Faria

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s